Páginas

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Olhos tristes


Desde a semana passada estou vindo de bus para o trabalho, é que antes eu tinha carona da chefinha, mas ela pediu pra sair e eu fiquei a pé....
Fato que eu gosto muito de observar as pessoas, no metro, na fila do banco, no parque...fico tentando adivinhar como é vida dessas pessoas, o que fazem, o que sentem...e me divirto!
Semana passada na fila do bus( que é quilometrica) estavam na minha frente, um casal bem novinho, devem ter no máximo 22 anos...o cara com roupa de mano, calça caindo, camiseta extra mega gg, boné e mochila....ela, com um uniforme social, calça verde e uma camisa branca, crachá da empresa, até aí tudo bem....pensei até que eram irmãos sei lá...mas aí o cara começou a brigar com ela, sei lá pq, falou um monte de asneira, que ele não aguentava mais..aquilo q todo homem palhaço sem noção diz na frente de outras pessoas para se sentir mais palhaço do que de custume...
Dae que eu olhei nos olhos dela, e me doeu o coração....que olhar triste para um rosto tão bonito...e que espetaculo mais sem graça, pensei com meus botões...mas cada um com seu cada um....
Hoje, eles estavam de pé, os dois, mas desta vez , ela estava segurando a mochila, vagou um lugar na minha frente, o que acham que aconteceu?
Dileta audiência, se você acha que ele, claro, obvio, deixou ela sentar como todo homem cavalheiro deve fazer, e ele mais ainda por ser marido/namorado/ficante/macho/ cacho...se enganou.....ele a atropelou e sentou mais q rapido....aí..vc deve estar pensando que ele ao menos se ofecereu para levar a mochila, não é mesmo? se enganou de novo...que palhaço... aí depois de meia hora q ele tava lá esparramadão e a coitada em pé....ele fez sinal para pegar a mochila....e ela disse que não..durante todo o trajeto ela ficou alternando o olhar triste entre a rua e ele, nenhum sorriso, nenhuma expressão, nem de raiva.... olhava e penso eu, que pensava como se deixou chegar a esse ponto, como pode ser tratada desse jeito, envergonhada, achando q as pessoas reparassem na atitude palhaça...
Sabem, o que me chamou a atenção nela, é que me reconheci naquele olhar triste...e a entendo, compartilho, mas me deu uma vontade de dizer pra ela, que se ela desejar do fundo da alma....ela consegue ter de volta o olhar e o sorriso....assim como eu!!!!!!

3 comentários:

Dil Santos disse...

oi Amandica, vc tá bem?
Que triste isso heim? Ele é um idiota, e ela mais ainda que se permite ser tratada assim. Isso mostra a falta de amro próprio que ela tem, ela pode gostar desse trem, mas aí ela deixar-se anular, a chegar num situação dessas? Ele é com toda certeza nenhum pouco cavalheiro.

Bjo
:)

xoogle disse...

Amanda!

Que angústia!!!! Você pintou um quadro numa maestria fenomenal. Eu me senti lá naquela fila contigo e a gente bufando de raiva. Eu quero enfiar porrada nesse mano, dá uma voadora nesse vileiro filho de uma quenga puta!
Vamos salvar aquela menina! Dê um jeito de pegar um contato com ela. Sei lá. Ofereça um emprego de mentira, troque emails...
Bem que poderia ser simples assim, né querida? Talvez numa situação como essa, é MUITO provável que se alguém se intrometer vai sentir uma reação violenta de quem, de quem? Dela!!! É provável que ela diga que ele é o homem mais maravilhoso do mundo e que o ama.

Bem, eu vou ali vomitar e dpois nos falamos.

Beijinho.

Ivan.

Huuuuuuuuuuuuuuuuu

Amanda disse...

Meninos!!!!!

Menino Dil...eu vou bem, como a vida e eu queremos....
è triste mesmo...é baixa auto estima, q na minha opinião é doença e precisa ser tratada!

bjos!!!!
****************************************

Menino Ivan....
Se por ventura, eu me deixar levar pela indignação e cair matando em cima do mano, com certeza não serei a unica, e com certeza ela ira me impedir...é a vida!
Só posso torcer para q ela acorde, encontre um homem de verdade que escreva declarações em pedaços de papelão....

bjos!