Páginas

sexta-feira, 16 de março de 2012

Tirando a poeira

To com vergonha!

Essa é uma frase q quase nunca uso, pq neh? não tenho um pingo de vergonha na cara, mas eu to envergonhada  por deixar o blog as moscas...assim como eu fico com vergonha qnd alguém vai em casa e tá tudo bagunçado....

Enfim, peço desculpas, bem poderia ter ido até uma lan house, usado o pc alheio,mas fica tão impessoal que sei lá, não rola!

É hora de arrumar a bagunça. De colocar as coisas em ordem...tenho um monte de rascunhos que vou postar aos poucos, todo dia um post, ok?


Eu passei por maus bocados, uma fase horrível e de certo modo foi bom pra vcs não participarem disso, e acreditem, eu ia desmoronar..e ruim pra mim, acho q o fato de não poder escrever piorou, e muito a situação.
Me virei bem com os rascunhos...Agora tenho um monte de folha solta, na gaveta, na bolsa,  na mesa, embaixo do colchão,e agora tenho q juntar tudo e fazer a coisa toda  ter sentido...

Vamos começar pelo trivial....

Festas de fim de ano....dureza!! Foi tudo tranquilo, passamos em harmonia..
Ano novo foi pior..depois de 10 dias com  as crianças em casa, e eles foram viajar, me deu um vazio descomunal..a casa ficou silenciosa demais e eu fui para uma festa do prédio da minha prima, eu era a unica pessoa que não estava de branco( rosa pink, aquele bem cheguei), e  tb era a unica que não tinha uma pessoa do lado, tirando minha sobrinha de 1 ano, pior do que isso é ter a sensação que todas as mulheres ficam te encarando pensando que você vai querer o homem delas...mas eu sobrevivo neh?
Depois disso, to meio q evitando ir em lugares q só dá casal, isso inclui: baladas, bares, shopping, aniversários, cinema, parques, na rua de casa....anyway....to meio enclausurada em casa, sei que é patético, mas ta funcionando pra mim, minha vontade de ter alguém ainda é menor do que a vontade de ficar solteira...só que o mundo não precisa esfregar isso na sua cara todo o tempo.

Isso não deveria definir quem eu sou, but, vamos aos fatos: tenho 30 anos, sou saudável (fisicamente, pelo menos), tenho emprego fixo, moro sozinha, pago minhas contas em dia, sou bonitinha, tenho muitos amigos, tenho dois filhos lindos de morrer,  estou próxima da minha família, sou bem humorada(quase sempre), tenho vestidos lindos, sapatos nem tanto, fiquei uma graça com meu novo corte de cabelo, não dependo de ninguém pra fazer nada, e a única coisa q eu escuto é:

Cadê o namorado?



Ps: Decidi que sempre vai ter um lindo ilustrando o post.


6 comentários:

Madame disse...

Foda ne, o que faz a gente as vezes desejar esse tipo de coisa é a cobranca das pessoas.
Voce nao precisa de namorado,a nao ser que uma hora vc queira isso.

Christian V. Louis disse...

Só damos atenções as cobranças alheias, quando acreditamos que elas tenham um fundo de verdade. Se você acreditasse que não tivesse, não teria problema algum em visitar lugares onde há casais, lhe seria indiferente.

Amanda disse...

Madame..que saudade!!!!!

To contigo e não abro!

Christian...

A teoria é otima, mas na pratica sempre incomoda sim, e como eu disse, eu tenho vontade de ter alguém, mas não é maior do que a minha vontade de ficar só!

bjossss

ju-siqueira18 disse...

Amandaaaaa minha querida!! vc é uma querida e fez muita falta esse tempo longe, tanto q vivia te cobrando isso no FB, como te falei já várias vezes mesmo não te conhecendo ao vivo e a cores gosto muito de ti, e a sensação q tenho conversando com vc np FB e vendo suas histórias aqui no blog é q te conheço há anos, gosto muito de tudo isso aqui, e não ponha mais a gente q gosta de vc e curte seu blog de castigo.
beijooo pra vc, e seus meninos.
bem vinda ao nosso blog, kkkkkkkkkkkkk
juliana botto

Daniel Savio disse...

Dá um tempo ao tempo que vai surgir, ou na pior da hipoteses, ir para sites de encontros...

Mas sério, você tem bom papo, é meio avoada as vezes, mas é pessoal alegre, boa para conversar, então é questão de tempo da tua felicidade dar sinal que está do teu lado.

Fique com Deus, menina Amanda.
Um abraço.

Tathiana disse...

Se vc está bem solteira, não devia se importar muito com a opinião dos outros. ninguém melhor pra saber o q é bom pra gente do que nós mesmos, né, não?
Beijos.